terça-feira, 24 de maio de 2011

FELICIDADE - TEXTO INÉDITO

.



FELICIDADE - SERGIO VAZ


As coisas não nasceram para dar certo, somos nós é que fazemos as coisas acontecerem, ou não.


Acredito que a gente tem que ter um foco a seguir, traçar metas, viver por elas. Ou morrer tentando.


Jamais queimar etapas e saber reconhecer quando é a sua hora.

O Acaso é uma grande armadilha e destroi os sonhos fracos de pessoas que se acham fortes.


Não passar do tempo e nem chegar antes. Preparar o corpo, o espírito, estudar o tempo o espaço. Não ser escravo de nenhum dos dois.


Observar as coisas que interferem no seu dia e na sua noite. E saber entender que há aqueles sem sol e sem estrelas e que a vida não deve parar só por isso.


Ser gentil com as pessoas e consigo mesmo. E gentileza não tem nada a ver com fraqueza, pois, assim como um bom espadachim, é preciso ter elegância para ferir seus adversários.


O que adianta uma boca grande e um coração pequeno? Nunca diga que faz, se não o faz.

Ame o teu ofício como uma religião, respeite suas convicções e as pratique de verdade, mesmo quando não tiver ninguém olhando. Milagres acontecem quando a gente vai à luta.


Pratique esportes como arremesso de olhar, beijo na boca, poema no ouvido dos outros, andar de mãos dadas com a pessoa amada, respirar o espaço alheio, abraçar sonhos impossíveis e elogios à distância. E, em hipótese alguma, tente chegar em primeiro. Chegar junto é melhor, até porque, o universo não distribui medalhas nem troféus.


Respeite as crianças, todas, inclusive aquela esquecida na sua memória. Sem crianças não há razão nenhuma para se acreditar num mundo melhor.


As crianças não são o futuro, elas são o presente, e se ainda não aprendemos com isso, somos nós, os adultos, é que tiramos zero na escola.


Ser feliz não quer dizer que não devemos estar revoltados com as coisas injustas que estão ao nosso redor, muito pelo contrário, ter uma causa verdadeira é uma alegria que poucos podem ter.

Por isso, sorrir enquanto luta, é uma forma de confundir os inimigos. Principalmente os que habitam nossos corações. E jamais se sujeite a ser carcereiro do sorriso alheio.Não deixe que outras pessoas digam o que você deve ter, ou usar. Ter coisas é tão importante como não tê-las, mas é você quem deve decidir. Ter cartão de crédito é bom, porém, ter crédito nele tem um preço.

Se possível, aprecie as coisas simples da vida, vai que no futuro... Adeus pertences.

Esteja sempre disposto ao aprendizado, e não se esqueça que, quem já sabe tudo é porque não aprendeu nada.As ruas são excelentes professoras de filosofia, pratique andar sobre elas.


Procure desvendar as máscaras do dia a dia, pois o segredo está no minúsculo - assim como um belo espetáculo do crepúsculo-, no pequeno gesto das formiguinhas esconde a grandeza a ser seguida pela humanidade.


Tenha amigos. Se não tem, seja. Eles virão.

Felicidade não se ensina, é uma magia, e o segredo está na disciplina de uma vida sem truques e sem fogos de artifícios.


E não acreditem em poetas. São pessoas tristes que vendem alegria




21 comentários:

  1. Muito bom poeta!!
    E essa frase aqui é matadora..."Se possível, aprecie as coisas simples da vida, vai que no futuro... Adeus pertences."
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Cada vez melhor... Muito bom vira latas...

    []'s

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!Vc pode nos contar de onde vem tanta inspiração?
    A cada texto uma magia.

    Um Forte abraço.
    Quando eu crescer quero ser assim....rsrsr

    ResponderExcluir
  4. Poesia estimulante, energizante! =)

    ResponderExcluir
  5. que lindo! como disse a lu acima:
    qdo eu crescer quero ser assim!
    sempre nos presenteando com esses lindos textos!
    parabéns poeta!

    ResponderExcluir
  6. Bendito seja o "vira-lata" que traçou tais linhas... :)

    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Lindo!
    Parabéns pela sua sabedoria e criatividade ao escrever.

    Abraços...

    ResponderExcluir
  8. Saber que a felicidade está nas coisas mais simples da vida, é uma dádiva. Parabéns meu nobre, boas palavras em momentos difíceis, são um grandioso presente para aqueles que entendem..

    ResponderExcluir
  9. adorei, sobretudo, a parte do sorriso!
    Mas o texto inteiro é inspirador, bom para ler quando o dia está começando, como hoje fiz!

    ResponderExcluir
  10. De fato, apreciar as coisas simples da vida é algo fundamental para a felicidade. Felicidade de ser consciente da sua existência. Saber olhar para trás na história de nossos familiares, nossos vizinhos. Entender o que sua história de vida (que começa em seus antecedentes e vai continuar com seus filhos, sobrinhos, filhos dos amigos) tem a ver com a história do país. Respeitar o outro, as experiências do outro. Se respeitar ("respeite suas convicções e as pratique de verdade, mesmo quando não tiver ninguém olhando"). Saber que, como adultos, temos papel permanente de educar as crianças - e educá-las de acordo com o que foi dito acima. Respeitá-las também: as dúvidas, o tempo, as necessidades. Enfim, SER.

    Desculpe-me pelo longo comentário. Poderia ficar escrevendo mis um monte de coisas. O texto é muito bom, nos faz refletir bastante.

    Apenas pra finalizar, cito trecho de Infância, de Graciliano Ramos e que faz todo o sentido pra mim, pois fala sobre a região de onde meus pais vieram. Eu mesmo costumo dizer que sou um Alagoano nascido em São Paulo: "Acordei, reuni os pedaços de pessoas e de coisas, pedaços de mim mesmo que boiavam no passado confuso..."

    Abraço.

    ResponderExcluir
  11. Muito loko o texto, a muito tempo eu procurava algo que pudesse representar tão bem o que eu penso e acho real. Felicidade é fazer aquilo que a gente gosta, bem e com coragem, não importa o que os outros pensem ou achem. Só uma pergunta:
    Por quê você não escreve um livro de contos só com textos como esse? Vai ser ótimo.

    ResponderExcluir
  12. Rose Dorea-COOPERIFA25 de maio de 2011 05:24

    Sergio

    A cada poema e a cada conto. Tenho orgulho de dizer. SAbe? O Poeta e Escritor Sergio Vaz é meu Amigo!

    ResponderExcluir
  13. Sergio,
    Simplesmente inexplicavel a sensação que tive ao ler este poema!
    Na vdd admiro todos os seus poemas mas esse em especial veio a calhar em um dia onde pareciam que todas as coisas estavam erradas! Onde estava me sentindo perdida, meio que sem ar pra respirar! Te admiro demais!
    Parabens!
    Tatiane David

    ResponderExcluir
  14. Essencial a vida... Tem que se alimentar de muitos sorrisos e lagrimas para definir a FELICIDADE tão bem assim!!! Parabéns...

    ResponderExcluir
  15. Olá, Poeta!
    Seus escritos são palavras que nos encantam e nos levam à reflexão.É prazeroso, é incrível!
    Abraços!
    De Lourdes

    ResponderExcluir
  16. Seu texto é alma, arranjo perfeito de palavras a discursar sobre tudo que precisamos ouvir a todo momento. Felicidade pra mim nesse momentos é textos assim, como seus que nos fazem concordar ou discordar, nos faz ter opinião não só sobre o que lemos, mas sobre o que estamos fazendo com as nossas vidas; Essa alergia que tu traz poeta ninguém compra a cada dia mais admiro o seu trabalho , a texto teu entendo porque sou tua fã.

    Pois texto bom nem sempre é aquilo que precisamos ouvir, mas sim aquele que ouvimos porque tinhamos algo a escutar e eu te escutei.

    Abraços baianos.

    ResponderExcluir
  17. Sérgio, sem palavras cara...
    Só posso te dizer... PARABÉNS em letras garrafais!!
    você é muito bom no que faz e acima de tudo, vc é um cara bom na vida... Parabéns pela iniciativa e pelo conteudo que você consegue passar pra uma classe esquecida!
    Você é um grande exemplo que existe "vida inteligente na periferia"! sucesso, sucesso sempre, que Deus te abençoe... Só progresso viuu!
    Beijo
    [Juliana Souza]

    ResponderExcluir
  18. Falou e disse...
    Texto excelente, acredito que traduz, uma doutrina de vida... E por mais que tenhamos consciência de boa parte do que disseste, sempre é bom, nos lembrarmos desses ensinamentos em forma poética... AMEI!! Quero mais...
    PAULA MARUCHI

    ResponderExcluir
  19. Na boa, Sergio...
    Onde você vai parar¿
    Cada linha sua é um dia de reflexão
    Não canso de ler, nem de prestar meus sinceros agradecimentos...
    Valeu Mesmo

    ResponderExcluir